Avistei uma estrela cadente no céu, fiz um pedido e tudo mudou…

Deixe ir

Ainda me lembro do dia em que você bateu a minha porta com uma sacola de comida tailandesa nas mãos dizendo – isso tudo aqui é seu e meu coração também – por que você não fazia ideia de como explicar o que sentia por mim. Naquele dia eu não sabia o que falar, você me pegou de surpresa e tudo que fiz foi te abraçar e aceitar, afinal estava com fome e curiosa para saber o que você sentia por mim. Tivemos o nosso primeiro beijo ali, na entrada da minha casa, foi o começo da minha felicidade. Estávamos bem. Jogávamos video-game todas as noites de sábado e fazíamos maratonas de filmes aos domingos. Você sempre achava um jeito de me fazer sorrir. Nossa primeira briga foi naquele banco da praça, era São João, você queria que eu deixasse de falar com meu melhor amigo, e eu nunca iria deixar de falar com ele, tentei explicar que éramos amigos de infância, mas você não deu a mínima e impôs sua condição. A partir daquele momento foram só brigas e desentendimentos, mas quando você não atendeu meu telefonema, eu entendi… você estava indo embora. Doeu.

Doeu mais ainda quando te vi com outra, fiquei tão furiosa, porque mesmo você dando todos os sinais de que não me queria mais, eu insisti. Dei mais de mim e recebi nada de você. Por que que a gente fica tão desesperado ao ver alguém indo embora? Alguém que nem ao menos quer ficar? A vida é tão curta pra gente gastar tempo e energia com alguém que não nos quer na vida dela. A gente precisa entender que nosso presente é feito com quem fica, com quem que nos enxerga como realmente somos. A gente quebra tanto nosso coração entregando pra alguém que nem faz questão alguma de tê-lo, então não faça questão de segurar alguém que quer ir embora.

Deixe ir.

Anúncios

Oi

Oi, um dia você vai perceber que nada foi por acaso, aquele encontro no bar com alguns amigos em comum não foi apenas um encontro. Um dia você vai perceber que as coisas têm motivos para acontecer e que se você não prestar atenção, elas simplesmente vão embora.

Você poderia engoli seu orgulho e chamá-la para sair, você poderia ter telefonado quando tiveram uma briga, mas não, você não fez… porque um dia vai perceber que perdeu a oportunidade de ter alguém que te amou por perto e a pior oportunidade perdida é aquela que você não deu. Ela não te culpa por não ligar, não se sente mal em te ver ir embora, então não se sinta mal quando a ver com outro. Uma das certezas que você terá na sua vida é de que o mundo gira em uma intensidade que você vai se perguntar, porque deixou ela ir e abraçar um outro amor?

E vai entender que quem muito sente orgulho, pouco é feliz.

Agora você deve está se perguntando: quem é você? E eu vou te responder: eu? Sou a garota que você deixou para trás.

Esse será meu último texto sobre você, porque já não tenho nada mais para te escrever, a não ser te dizer que já não dói mais, o passado tem uma razão de ser passado, ele deve ficar pra trás. Já não dói mais te ver, não dói mais saber que você não me escolheu, porque por mais que eu tenha achado que o problema estava comigo, percebi que eu não precisava disso, não precisava me culpar por algo que não tive nada a ver… não sou culpada por sua indecisão, por sua burrice também não.

E foi em meio ao meu caos que percebi o quanto eu era bonita e não precisava implorar por amizade ou amor, acho que ninguém precisa, porque se precisar, tem algo errado! A nossa amizade nunca foi verdadeira, porque se fosse ela não acabaria… amizades não acabam, as falsas sim. Por isso espero que você encontre algo real na sua vida e deixe sua infantilidade de lado, porque eu já não me importo mais, crescer agora só depende de você. Boa sorte!

Mais uma carta de amor

Estive pensando em cartas de amor e de como ninguém mais as escreve hoje em dia. Me deu vontade de escrever uma pra você, não que a mereça verdadeiramente, mas acho que quando se trata de sentimentos, é sempre bom jogá-los para fora, assim não nos sufocamos com eles.

Então aqui vai… minha primeira carta de amor!

Sinto sua falta. Sinto falta do que éramos antes, dois amigos apaixonados por histórias incomuns. Sinto falta dos tempos perdidos de conversa que não ia a lugar nenhum, do frio na barriga que eu sentia sempre que te encontrava, das trocas de olhares. Sinto falta da gente!

É tão difícil ir dormir sem um “boa noite” seu. Você me entendia como ninguém, mesmo não concordando com as minhas opinões sobre o amor. Você era o meu colo quando meu coração se partia, te mandava mensagens chorando e você preocupado me dizia “vai ficar tudo bem, não chore por ele”, e aquilo me acalmava. Te escutar era reconfortante. Então como uma flor que desabrocha na primavera, vi nossa amizade se transformar em algo mais, algo que mudaria minha visão sobre relações…

Sabe quando eu descobrir que era amor? Quando eu passei a te comparar com os outros caras e percebi que nenhum era igual a você, porque você é diferente. E então eu passei a pensar “poxa, eles nem ao menos fazem um esforço para se parecer com ele”. Tive então, aquela sensação de que havia encontrado alguém que me faria esquecer todos os outros. Sim, eu largaria todos se você me quisesse. Eu não sentiria isso se não fosse verdadeiro!

Com você, senti vontade de fazer alguém uma parte permanente da minha vida. Bom, agora você deve está se perguntando “o que eu vi em você”, acho que a pergunta certa é : o que eu não vi em você? Mas eu percebi que você não queria isso, suas desculpas e complicações me fizeram dar conta de que não daria certo, não era recíproco e nunca cobraria isso de você, afinal a gente não escolhe quem amar, simplesmente acontece.

Mas a gente tem que aprender a perder alguém, e aprender mais ainda a manter alguém em nossa vida. E a sua ida só me fez ter certeza de que não era para ser, você não quis ficar e tudo bem, a gente se acostuma com certas coisas, você me fez lembrar de quem eu era antes e tudo mudou… a minha liberdade é cara demais para gastar meu tempo com um amor barato. A vida é curta demais para implorar amor… eu te deixei ir porque sabia que não poderia te ter.

Calma, eu sei que agora você deve está sabendo que é sobre você essa carta, mas não se preocupe, eu estou bem! Não se preocupe comigo, afinal um amor quando não é recíproco, a gente simplesmente deixa pra lá e parte pra outra, mesmo que nem sempre seja fácil, ter o coração partido faz parte desse lance de tentar… porque a gente precisa escolher a nós mesmos antes de qualquer um, porque não há coisa pior do que insistir em algo pela metade, algo sem reciprocidade.

Porque, sabe? Enquanto eu me preocupava em imaginar como estaríamos hoje, a minha vida estava passando, e ninguém ia esperar que eu me recuperasse, eu tinha que fazer isso sozinha, então entendi que eu precisava de muito mais do que você poderia me oferecer e te deixar ir não foi uma maldição e sim uma benção. Eu demorei muito pra perceber isso, mas agora eu sei, o amor é um sentimento complicado que nos faz sofrer, mas ele é tão necessário quanto o ar que respiramos.

Finalizo a carta esperando que você esteja bem e feliz, e por mais que eu não seja o motivo da sua felicidade, amar também é isso, abrir mão da sua felicidade para ver quem amamos feliz.

Te desejo a felicidade, pura e verdadeira, aquela felicidade que quando sorrimos nossos olhos acompanham, aquela felicidade de saber que é amado de volta, a felicidade que você não quis experimentar comigo.

Com amor ( que você não quis).

Hoje é um daqueles dias…

Acordei cedo, hoje foi mais um dia de incontáveis horas de trabalho e, apesar de ser sábado, o trabalho nunca tem hora. Tentei ocupar a minha mente o dia inteiro, mas não adiantou, hoje é um daqueles dias em que a saudade aperta e você se pergunta: Em qual momento tudo desmoronou? Onde foi que eu errei?


Mas no fundo eu sei que foi você que não quis se envolver, que ao chegar perto demais… recuou. E então eu desisti, não por não gostar mais de você, mas por gostar mais de mim e por tentar fazer com que você deixasse o passado que nem se quer quis esquecer…

Hoje é um daqueles dias que me pergunto o que seria da minha vida agora se eu não tivesse te conhecido, se aquele meu amigo não tivesse nos apresentado… se não tivesse te adicionado no WhatsApp e, acima de tudo, me pergunto e se eu não tivesse me apaixonado por você.  Talvez não estaria aqui escrevendo esse texto que você nunca vai ler ou tentando a cada dia não pensar em você.

Hoje é um daqueles dias em que eu quero te ligar e saber da sua vida, mas eu não farei isso, afinal de contas foi você que sumiu e não eu, continuo no mesmo lugar, só esperando que um dia você perceba que não fui a culpada e sim seu medo, medo de encontrar em mim o que está procurando.

Já chega de passar noites em claro pensando e querendo te ver, estou me libertando de toda frustração que se instalou dentro de mim por não ter dado certo com você, estou dando liberdade para um recomeço, um recomeço pra mim e um boa sorte pra você!

E você virou música 

Sim, você virou música… não pense que é privilégio só seu e nem que isso seja algo bom, na verdade tudo que vira música em minha vida é porque saiu de um coração quebrado… a música vem e o sentimento se vai, é automático.

As melhores músicas são feitas por um coração partido e é verdade, mas não quero que sinta pena de mim, estou bem, afinal se não fosse por meus desamores meu caderno de músicas estaria vazio… você se tornou mais uma página dele. 

Quando escrevo, o sentimento é transferido para o papel e ali fica, parece que tudo desaparece, na verdade tudo muda, tudo fica… 

Então, hoje você virou canção. 

Eu estou te deixando… não por falta de gostar, não da minha parte. Mas sabe? Todos os caminhos iriam levar para um só lugar: o fim! O fim disso que chamamos de ” relacionamento complicado” ou chame como quiser. 

Mas a verdade é que não te conheço, acho que nunca te conheci de fato, você nunca foi 100% sincero durante todo esse tempo, porque segundo você “não tem como ser totalmente sincero em um relacionamento”, sabe o que eu acho disso? Acho que você nunca foi sincero com os seus sentimentos, acho que o indeciso era você e não eu, como sempre me falava. 

Você nunca gostou verdadeiramente de alguém a ponto de ser 100% sincero, nunca gostou verdadeiramente de alguém para ser fiel, e é por isso que estou te deixando ir… para que encontre em alguém, o que você não quis encontrar em mim. 


Não estou triste, na verdade o nosso livro foi terminado, e mesmo não admitindo, você sempre soube que eu não seria sua… porque amor… não dá pra ter duas pessoas, uma hora você teria que escolher, só estou facilitando as coisas e te deixando ir.

Nuvem de tags